quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Mão peluda...


Padre infecta rede da paróquia ao ver pornôs no PC

Um padre em Strängnäs, na Suécia, renunciou à direção da paróquia depois que vírus tomaram conta da rede de computadores. Ele admitiu que ficava "muitas horas do seu tempo de trabalho" vendo pornografia na Internet, e que esperava que isso ficasse apenas entre ele e Deus - o que teria acontecido se "um letal vírus de computador" não tivesse afetado e paralisado toda a rede da paróquia.

O arcebispo Anders Wejryd disse, a respeito do episódio, que os padres são pessoas como todas as outras. "Mas não posso tolerar que alguém sente e fique surfando por pornografia nos computadores da igreja", afirmou, segundo o site The Register.

A porta-voz da oficial da congregação, Charlotta Novosel, confirmou o afastamento do padre: "Ele decidiu se aposentar".



Quando será que o "respeitabílissimo" Sr. Papa e sua turminha de homens de saia (também conhecidos como cardeais) vão admitir para si mesmos que sua anacrônica e injustificável condenação ao matrimônio não se sustenta mais?
É patético que a MICAR (Maldita Igreja Católica Apostólica Romana) continue insistindo em roubar todo o dinheiro dos padrecos após suas mortes, apesar de seu obsceno patrimônio.
O que resulta dessa política é o que vemos acima.  Padres punheteiros compulsivos, pedófilos, homossexuais...
Além disso, uma função teórica de um homem de preto é aconselhamento familiar.  Oras, como pode um homem teoricamente virgem e eternamente solteiro aconselhar alguém nesse âmbito?

2 Comentários:

Blogger Fred Fomm disse...

Vírus??? Faz sentido. Sempre achei que vaticanistas usassem Windows.

28 de outubro de 2008 18:29  
Blogger Der Hexenhammer disse...

O padre aperta o Ctrl, o coroinha o Alt e o Del...
:)

28 de outubro de 2008 20:03  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial