terça-feira, 22 de setembro de 2009

Post tosco


Reducionista e simplista ao absurdo, mas...


"Uma certa universitária cursava o sexto semestre da Faculdade. Como é comum no meio universitário, ela estava convencida de que era de esquerda e estava a favor da distribuição da riqueza. Tinha vergonha de que o seu pai fosse empresário e conseqüentemente de direita, logo contrário aos programas socialistas e seus projetos que davam benefícios aos que mais necessitavam e cobravam impostos mais altos dos que tinham mais dinheiro.
A maioria dos seus professores e alunos sempre defendia a tese de distribuição mais justa das riquezas do país. Por tudo isso, um dia, ela decidiu enfrentar o pai.
Falou com ele sobre o materialismo histórico e a dialética de Marx, procurando mostrar que ele estava errado ao defender um sistema tão injusto e perverso como a direita pregava. Seu pai ouviu pacientemente, como só um pai consegue fazer, todos os argumentos da filha e no meio da conversa perguntou:
- Como você vai na faculdade?
- Vou bem, respondeu ela. Minha média de notas é 9. Estudo muito, mas vale a pena. Meu futuro depende disso, eu sei! Não tenho vida social, durmo pouco, mas vou em frente.
O pai prosseguiu:
- E aquela sua amiga, Sônia, como vai?
E ela respondeu, com muita segurança:
- Muito mal. A sua média é 3, ela passa os dias no shopping e namora o dia todo. Pouco estuda e algumas vezes nem sequer vai às aulas. Acho até que ela é meio burra. Com certeza, repetirá o semestre.
O pai, olhando nos olhos da filha, aconselhou:
- Que tal se você sugerisse aos professores ou ao coordenador do curso para que sejam transferidos 3 pontos das suas notas para as da Sônia. Com isso, vocês duas teriam a mesma média. Não seria um bom resultado para você, mas, convenhamos, seria uma boa e democrática distribuição de notas para permitir a futura aprovação de vocês duas.
Ela, indignada, retrucou:
- Porra nenhuma! Trabalhei muito para conseguir essas notas, enquanto a Sônia buscava o lado fácil da vida. Não acho justo que todo o trabalho que tive seja, simplesmente, dado a outra pessoa.
Seu pai, então, a abraçou, carinhosamente, dizendo:
- BEM-VINDA À DIREITA!!!"

5 Comentários:

Anonymous Desesper@do disse...

Capitalismo é a desigual distribuição de riqueza, comunismo é a igual distribuição de pobreza.

23 de setembro de 2009 00:35  
Blogger Tigre disse...

Essa "Sônia" é parente do moluscão?

23 de setembro de 2009 07:14  
Blogger Fred Fomm disse...

E eu que só queria acabar com o welfare state...

25 de setembro de 2009 12:14  
Anonymous Anônimo disse...

hum...eu diria sinceramente que o meu conhecimento nao é medido pelas notas que eu tenho, assim como o dela tb nao. Eu doaria o simbolo com a maior boa vontade ^^
Meu esforço nao é reconhecido pelo meu reconhecimento social (que no caso da soc. capitalista é medido pelo dinheiro) pq isso nunca é justo. Eu posso ser cortador de cana, ou franco atirador, ou contador, ou professor, e dar duro em todos os trabalhos e trabalhar as mesmas horas, nao ganha ria o mesmo dinheiro por essas coisas. Mesmo que trabalhasse o mesmo numero de hs ou tivesse estudado o msm numero de horas para obter qualuqer um desses trabalhos. E algum desses trabalhos é menor q o outro? Por que eles deveriam ser medidos em notas? Em dinheiro?
O meu conhecimento, meu trabalho e minha contribuiçao para a soc. eu carrego comigo, nem um 10 nem uma nota vale ou mede isso.

3 de outubro de 2009 12:25  
Blogger ADAMANTDOG disse...

Sr Anônimo do dia 03

Que bom se o mundo fosse esta utopia qeu o Sr. descreveu ai acima não é mesmo?!
Eu particularmente conheço variss pessoas qeu só sabem parasitar na vida.
Se todos fossem uma pessoa boa como o Sr o é.
Ai eu diria : BEM VINDO SOCIALISMO
Porque na teoria é excelente!! pelo menos na minha opinião.
Nunca deu certo em lugar nenhum do mundo ; e nunca vai dar porque somos seres humanos cheios de adversos sentimentos uns com os outros.

6 de outubro de 2009 20:26  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial