sábado, 13 de setembro de 2008

Se até o Homer consegue...



A inspiração desse aqui veio deste post do Dudu Tomaselli.

Nosso querido ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, está desejoso de construir 50 usinas nucleares aqui na Zâmbia nos próximos 50 anos

A energia nuclear é limpa, barata, eficiente e (para nós que vivemos 100 anos no máximo) praticamente inesgotável.

A grande questão é:  Temos tecnologia para isso?

Cito a Wikipedia:

"Em Novembro de 1976, o Brasil assinou um acordo na Alemanha com a empresa KWU, do grupo Siemens, para a construção de oito reatores nucleares. Em vinte e dois anos, nenhum ficou pronto. A usina Angra 2, em Angra dos Reis-RJ, consumiu 5,8 bilhões de dólares e requer mais 1,2 bilhão para ser concluída. As obras foram retomadas em Março de 1996 e deveriam acabar, dizia-se, em 1999. No total, foram 7 bilhões de dólares por um reator de 1300 megawatts que pode ser adquirido a pronto, hoje, por 1,5 bilhão de dólares."

Pois é.  Vamos continuar comprando REFUGOS estrangeiros a preços exorbitantes ou vamos finalmente investir nos laboratórios sucateados de nossas universidades e desenvolver a nossa própria tecnologia nuclear?

Como tenho certeza de que a primeira opção é mais provável, concordo com o Dudu...

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial