quinta-feira, 30 de julho de 2009

Nunca vi um site tão idiota. Nem o "Darwinismo"...


Sério.
Fizeram um site contestando as teorias malthusianas. Seu mote principal é que toda a população do mundo atualmente caberia no estado do Texas. Claro. Isso depende "apenas" do fato desse fictício estado texano não possuir meios de transporte, fábricas, plantações e tudo o mais que possibilita nossa vida. Divide-se o estado em um quadriculado sem fim de 20 x 20 metros, cada pessoa tem uma casa e - PRONTO! - acabou-se o problema da falta de planejamento familiar no mundo!

Obviamente mais um site católico, anti-controle da natalidade. Triste. Chega a dar pena.

4 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Acho q num é catolico não, la na gringolandia eles são tudo crente e acham q o texas é a melhor coisa q ja existiu.

30 de julho de 2009 01:44  
Blogger Der Hexenhammer disse...

Ops... O Anônimo tem razão. Onde se lê "católico", leia-se "cristão".

30 de julho de 2009 09:23  
Blogger Mats disse...

Para o Hexenhammer, são todos católicos.
A falta de conhecimento básico do cristianismo mostra o quão relevante as críticas aqui expostas são, e talvez explique o seu ateísmo.

A crença de que o mundo está sobre lotado mais uma mentira comunista. As grandes cidades podem estar sobre lotadas, mas o mundo não está.

11 de agosto de 2009 09:47  
Blogger Der Hexenhammer disse...

"A crença de que o mundo está sobre lotado mais uma mentira comunista. As grandes cidades podem estar sobre lotadas, mas o mundo não está."

Concordo plenamente, Mats. Só que não é disso que discordo.
Não é porque HÁ espaço no mundo que devemos ENTUPÍ-LO de gente.
O crescimento desenfreado só leva à pobreza e à ignorância (leia estatísticas sobre filhos de famílias com mais e menos de dois filhos).
Que toda a população da Terra pode ser empilhada no Texas é um fato que não pode ser negado. Vem de uma Ciência chamada Matemática.
Podemos criticar apenas o raciocínio boçal que "esquece" que as pessoas não poderão se sustentar com terrenos de 400 m2 (fora a casa), sendo assim necessária a existência de estruturas de distribuição, de produção, etc.

Outra coisa, quando digo "católico" refiro-me a todas as vertentes cristãs. O "católico" recebe a alfinetada simplesmente por ser a organização financeira mais antiga, mais abrangente e de maior influência (influência essa que deriva tão somente de seus predicados econômicos).

Passar bem.

2 de setembro de 2009 19:57  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial