quarta-feira, 20 de maio de 2009

Puta, drogada, aidética, mas crente!





"No Brasil, a título de repulsa social, é melhor ser uma puta drogada e criminosa do que um ateu. Alguém consegue me explicar isso? Dentro desta pesquisa também há outros resultados surpreendentes. Por exemplo, perguntados sobre quais as pessoas que menos gostariam de encontrar, os ateus ficam na frente dos ex-presidiários! Quer dizer, melhor encontrar com um ser humano que matou outro ser humano do que encontrar com um ser humano que não acredita em Deus."
- Sally, do blog Desfavor.

3 Comentários:

OpenID aracajueiro disse...

Algo digno da incoerência dos que creem...

3 de junho de 2009 13:52  
Blogger Naruto disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

29 de setembro de 2009 19:01  
Blogger Naruto disse...

Nós estamos no Brasil, onde mulher rapariga é mais prestigiada do que uma garota correta, onde bêbados são são legais e intelectuais são caretas, isso é normal em uma sociedade com o pensamento do seculo XV, em outros países até mesmo na em Roma que é onde fica o Vaticano as pessoas não são tão apáticas e ignorantes com esse tipo de assunto, até porque cada um vive a sua vida lá, aqui a vida das pessoas é falar mal do que pode da vida de terceiros.

29 de setembro de 2009 19:05  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial