sexta-feira, 9 de março de 2007

Bush que Pariu!



Tinha um post half-baked sobre a presença de Bush no país. Tive que deletá-lo após o ocorrido ontem e hoje.
Não faria mais sentido espezinhar sobre o patético encontro entre os dois mentecaptos, mesmo porque um deles já se foi. Quem dera fossem os dois!
Estou profundamente revoltado devido ao trânsito que fui obrigado a enfrentar na tarde de hoje. Não culpo Bush pelo trânsito. Culpo esse nosso povo imbecil.
Ontem uma cambada de estudantes debéis-mentais, pseudo-comunistazinhos, resolveu fechar a Av. Paulista, artéria principal de nossa cidade, para "potrestar" contra a vinda do norte-americano.
Oras, se essa cambada de vagabundos não faltasse tanta aula para fumar maconha e fazer arruaça, talvez soubessem que Bush veio à Zâmbia para discutir a taxação do etanol, uma esperança para nossa economia.
Juntou-se à turba-mirim a velha-guarda da vagabundagem, os meliantes do MST - Movimento dos Sem-Telencéfalo. Queimaram cana-de-açúcar na Av. Paulista, produzindo rolos de fumaça negra. A polícia interferiu e começou a selvageria. Foram dominados apenas após latas e mais latas de gás lacrimogênio.
As autoridades foram condescendentes demais. Deviam ter-lhes descido o sarrafo. Chegar com balas de borracha e jatos de água pressurizada. Com vagabundo se lida é na porrada.
É impressionante que esse bando de idiotas secundaristas (e o outro bando de idiotas analfabetos também) seja estúpido (ou simplesmente cínico) a ponto de promover badernas desse quilate apenas por causa da visita de um chefe de estado estrangeiro enquanto permanecem calados, estupefatos, estarrecidos, pasmos e boquiabertos diante da infinita ladroeira e indecência que são a nossa presidência, nossos ministérios, a Câmara e o Senado.
Quando explodiram os episódios da máfia das ambulâncias, dólares na cueca, filho de presidente recebendo financiamento estatal de R$ 30.000.000,00 onde estavam esses palhaços?
Provavelmente enchendo a cara de maria-joana em algum cantinho escuro da faculdade de Letras ou Filosofia.
Hoje a presepada aconteceu na Av. Luiz Carlos Berrini, onde os australopitecídeos fecharam duas faixas. Um deles, se não me engano presidente de alguma dessas organizações estudantis fajutas, chegou mesmo a se atirar na frente de um ônibus da comitiva Bush. Que fosse atropelado! Bush, por essa não te perdôo!
Não percebem essas pessoas que o Comunismo não morreu? Ele não morreu porque nunca existiu. As poucas tentativas de implantação de sua versão mais branda - o socialismo - fracassaram retumbantemente, transformando-se rapidamente em oligarquias ditatoriais onde predominaram a miséria, a fome, a cegueira mental e o subdesenvolvimento. Caíram todas menos aquela ilhazinha vagabunda na América Central, que de socialista não tem nada, sendo apenas monarquia absolutista vestindo a camisetinha do Che Guevara.
É desolador assistir à descerebração coletiva de nossa juventude, que é manobrada por essa corja de velhacos stalinistas.

Não canso nunca de me surpreender com as criativas maneiras com que esse país e seu povo medíocre continuam a me envergonhar...

Este é o Malleus Maleficarum


(cliquem para aumentar)

5 Comentários:

Blogger Fredgie disse...

Essa história de combustível alternativo norte-americano é uma ridícula cortina de fumaça. Os USA estão a estocar petróleo há uns 15 anos, desde que o Bush-pai foi presidente. As reservas do Texas estão praticamente no fim, então eles resolveram se apropriar do petróleo árabe invadindo esses países miseráveis.

E o mais legal; o PT nem se ligou. Eles realmente acham que o Bush se importa com carros a álcool.

Right.

9 de março de 2007 19:59  
Blogger Fredgie disse...

http://elvisevil.blogspot.com/2007/02/permitam-me-permetrina.html

9 de março de 2007 20:11  
Anonymous Che Guemari( APESAR DE TUDO-REALMENTE por uma sociedade mais justa ) disse...

Caro Sr.Inquisitor...Mediante seus argumentos, novamente, ronda a minha cabeça a triste quase certeza de que a inquisição deveria ser instaurada novamente...que delícia imaginar esse falsos intelectuais, essa falsa revolta, essa fingida indignação, essa verdadeira vadiagem queimando nas fogueiras da heresia...
Lembro-me que em 92 ,fui visitar os países do Leste Europeu, que ainda há pouco tinham sido a famosa "Cortina de ferro" e o q as minhas retinas de menina de 13 anos registraram foi devastador..Sempre tive uma certa vocação pelo social, como o Sr. muito bem sabe...Nada pode ser mais aterrador que ser governado por gente recalcada, que não tem consciência do valor do trabalho e q se veste de ideologia para "legalizar" seus monstros... Gente como a supracitada, que fecha os olhos para roubalheira, que santifica o errado, que perdoa o hediondo,que glorifica a ignorância e culpa os lucros e a vontade de crescer...
É triste ver essa Ode a ignorância sendo destilada pela nossa "suposta" elite intelectual..nosso filósofos que ainda insistem em desentoar essa dissonante melodia de suas liras,como Nero ao arder de Roma, apesar de todos os exemplos da História(antigos e recentes).
Só podia terminar como terminou nessa sexta:
O encontro entre duas mulas...

9 de março de 2007 21:28  
Blogger Der Hexenhammer disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

22 de março de 2007 02:52  
Blogger Der Hexenhammer disse...

Dear Fredgie,

O etanol é o futuro. Além da obviedade de ser "renovável" (ARGH! Odeio termos ecochatos!!!), o etanol pode produzir plásticos, abastecer tanques e, ainda por cima, servir de aditivo para aumentar a octanagem dos derivados de petróleo. O Brasil possui a faca e o queijo na mão dessa vez. Nosso passado de colônia, porém, nos fará entregar o queijo e tomar a faca nas costas... Uma vez no pastoreio, sempre no pastoreio...

Esse é o Brazil-Zâmbia...

22 de março de 2007 02:53  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial