sexta-feira, 16 de março de 2007

A volta ao mundo em 80 cervejas - Trappist Westvleteren


#2 - Bélgica - TRAPPIST WESTVLETEREN


Para os neófitos, qualquer cerveja trapista é aquela produzida (ou inspirada na cerveja feita por) monges trapistas. A ordem iniciou-se na França, na região de La Trappe e acabou migrando para a Bélgica. A cervejaria Westvleteren foi fundada no interior da Abadia Trapista de St. Sixtus of Westvleteren.
A escura delícia que está na foto acima é apenas uma de três iguarias produzidas pelos monges em escala não-comercial. Número 12, tampa amarela. Possui 10.2 % de gradação e ostenta sabores e aromas de madeira, ameixas, chocolate, caramelo e cereja. Sua cor é marrom escura, com uma espuma suave de coloração castanha.
Em diversos sítios desta vasta internet é eleita como a melhor cerveja do mundo.

Paguem o preço ($$$ - lots of Bushe$!), experimentem e ousem negar!

Um brinde de Westvleveren!

5 Comentários:

Blogger Fredgie disse...

Ouso negar.

Afinal, no carnaval do Rio nem existe o 'camarote Trappist Westvleteren'; nem o Romário nunca fez propaganda dela.

16 de março de 2007 13:15  
Blogger Fredgie disse...

Ouso negar.

Afinal, no carnaval do Rio nem existe o 'camarote Trappist Westvleteren'; nem o Romário nunca fez propaganda dela.

16 de março de 2007 13:15  
Blogger Der Hexenhammer disse...

hehehehe! Mas isso apenas prova que é uma excelente cerveja. O líquido na garrafa é toda a propaganda necessária!
Fredgie, não poderei comparecer ao St. Patrick... Estarei em Campos do Jordão nesse final de semana. Beba a minha parte, por favor...

16 de março de 2007 13:21  
Blogger brendonpeters disse...

Acabei de voltar da Belgica com um exemplar da Westvleteren na mala. Qual a melhor forma de degustar essa cerveja?

13 de dezembro de 2008 13:10  
Blogger Der Hexenhammer disse...

Copo largo, 4-5ºC. De preferência bem acompanhado! ;)

26 de dezembro de 2008 14:46  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial